Por questão de existir / Poema de ZéReys Santos

 
Poema de ZéReys Santos
 
 
Por questão de existir
 
A cada vez que quero estar só, eu te procuro.
Não há, no meu não estar, sem ti.
Não sinto-me, se houver, o absoluto vazio…
A minha solidão é dual.
O meu interior é dual.
A vida, me é dual…
Assim como o bem e o mal,
Contidos um no outro.
A cada vez que estou só, eu te procuro.
Do que haveria meu ar…
Sem ti?
 
ZéReys Santos: Autor, escritor, poeta e Terapeuta Holístico.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s