Viver Primavera / Poema de Margarett Leite de Oliveira

 
Poema de Margarett Leite de Oliveira
 
 
Viver Primavera
 
Eu vivo a primeira flor que abre
As hortências que mudam de cor
Eu vivo as sementes do bem
que espalhei
Para Deus colher em seu jardim
de Alef.
 
Eu vivo os lirios puros que me enfeitavam o altar na hora do sim
Eu vivo o perfume da Rosa Mística
Que cura o corpo e a alma, em perdão.
 
Eu vivo as flores dos maracujás
a esperar sabores
Eu vivo as flores que nascem da estrada
Entre as pedras, para embelezar jornadas
E as dores dos pés descalço doando-se em vida.
 
Eu vivo o perfume dos jasmins que perfumavam meu jardim em alimento santo.
Eu vivo o pranto das avencas choronas
Que me habitam em vida
Eu vivo os ciprestes do jardim das dores
Eu vivo amor. Eu vivo flores e trago vida.
Dos vasos de alabastro que perfumou
Teus pés em vida.
 
Primavera. Luz. Encanto. Amor
Razão Maior da Minha Vida.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s