Poema de Berkinalieva Sagynbubu Abdusamatovna / Tradução portuguesa: Isilda Nunes

 
Poema de Berkinalieva Sagynbubu Abdusamatovna
 
 
***
 
Tantos passos perigosos que hoje dou –
E quem vai cuidar de mim?
Encontrarei conforto nas papoilas
Que crescem livres no reino das fadas?
 
No entanto, parece que até as papoilas murcham –
Desabam na encosta.
E quando o céu começa a ceder também,
Esmaga a esperança do meu coração.
 
Não há realmente fuga possível
Como o destino tem demonstrado.
Todo o sacrifício é inútil
Quando está gravado na pedra.
 
Cada passo em frente é um erro
Apesar de breve,
Contudo, dias sem culpa, sem pecado
Trazem-me ao coração muita mágoa.
 
Deixa-me ser uma rapariga da neve
Num conto de fadas de outrora.
 
 
233090952_974654133094773_1302945521313472454_n
 
Tradução portuguesa: Isilda Nunes

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s